10 maneiras apoiadas pela ciência para diminuir seu estresse neste instante

Estressado? Nós sentimos você. Aqui, a ciência vem em socorro com maneiras reais e comprovadas de diminuir seu nível de estresse –agora mesmo.

O estresse pode chegar até você em segundos: quando o carro à sua frente anda muito devagar. Quando seu filho faz birra. Quando seu cônjuge deixa um prato sujo longe da cozinha (de novo!). Nós poderíamos continuar e continuar. Não seria incrível se pudéssemos eliminar o estresse tão rapidamente quanto ele surge, levando nosso sistema nervoso a um estado zen?

Ao tentar algumas dessas dicas, isso é realmente possível… e também importante. Gerenciar o estresse é crucial não apenas para o seu estado mental, mas também para a saúde do seu coração. É aqui que a ciência vem em socorro, pois existem maneiras reais comprovadas de diminuir seus níveis de estresse instantaneamente.

A ciência sugere ttomando uma “pílula” da natureza

kate_sept2004/Getty Images

Aqui está o porquê De acordo com um estudo de fisiologia de 2019, apenas uma caminhada de 20 minutos pode diminuir seus hormônios do estresse, mesmo em um ambiente urbano (portanto, pessoas da cidade, saiam também). A chave é caminhar em um local que lhe proporcione uma sensação de natureza por 20 a 30 minutos. Faça isso três vezes por semana, a qualquer hora do dia, sem redes sociais ou conversas, e seu nível de cortisol – o principal hormônio do estresse do corpo – provavelmente cairá. Não pode andar? Sentar-se em seu local favorito da natureza terá um efeito calmante semelhante, sugere o estudo.

A ciência sugere brespirando profundamente

Aqui está o porquê Isso pode enviar uma mensagem ao seu cérebro de que é hora de se acalmar. Seu cérebro envia a mensagem ao seu corpo, e sua frequência cardíaca e pressão arterial diminuem, portanto, alterar sua respiração potencialmente pode mudar a maneira como você se sente, de acordo com um estudo publicado na revista peer-reviewed Fronteiras da Psicologia.

A ciência sugere eexercício

Aqui está o porquê Embora possamos reduzir o estresse, é impossível eliminá-lo, diz a Associação de Ansiedade e Depressão da América (AADA). O que fazer? Exercício! Hormônios do estresse como o cortisol se comunicam com o cérebro. Por sua vez, quando os hormônios do estresse afetam as conexões nervosas do cérebro, o cérebro envia sinais que podem afetar negativamente o resto do corpo. (Olá, irritabilidade e falta de sono.)

A Harvard Medical School diz que uma maneira comprovada de reduzir o estresse é o exercício, que reduz os hormônios do estresse e estimula os produtos químicos bons conhecidos como endorfinas. Você não precisa comprar muitos equipamentos caros. E, se você precisar de ajuda para fazer com que seu ente querido se junte a você, aqui estão maneiras apoiadas por especialistas de motivar seu parceiro a se exercitar.

A ciência sugere medição

Homem maduro usando chapéu meditando na aula de ioga

10.000 Horas/Imagens Getty

Aqui está o porquê Na verdade, você está treinando seu cérebro para ficar calmo e atento. Em mais de 200 estudos, descobriu-se que a meditação reduz o estresse, a ansiedade e a depressão. Esta pode ser a maneira mais simples de reduzir o estresse rapidamente.

Precisa de ajuda para encontrar espaço e tempo para meditar? Confira estas quatro ideias para criar o melhor espaço de meditação, de especialistas em mindfulness.

A ciência sugere lfilha

Aqui está o porquê Rir reduz os níveis de cortisol e aumenta a liberação de endorfinas do corpo, diz o HelpGuide.org, organização sem fins lucrativos de saúde mental, referindo-se ao riso como verdadeiramente o melhor remédio. Um estudo encontrou uma redução de 20% na agitação em pacientes com demência submetidos à terapia de humor.

Não sente vontade de rir quando está estressado? Tente colocar seu comediante favorito no fundo ou ligar para um amigo engraçado. Ainda não consegue encontrar nada engraçado? O riso auto-induzido e auto-simulado também funciona.

A ciência sugere pdeitada com um filhote

Aqui está o porquê Pesquisadores em um estudo de 2018 entre estudantes universitários descobriram que sair com um cachorro reduz drasticamente o estresse. Outra pesquisa publicada em Fronteiras da Psicologia descobriu que os veteranos militares experimentam redução do estresse e outras melhorias na saúde mental depois de receber um cão de serviço. Se você não tem um cachorro, visite um abrigo – ou, melhor ainda, seja voluntário em um. Você experimentará uma exposição consistente ao alívio do estresse.

A ciência sugere ttirando uma soneca

Aqui está o porquê Quase sentimos que não precisamos explicar isso, pois cochilar parece tornar tudo melhor. Mas um estudo realizado por pesquisadores da Universidade Sorbonne descobriu que apenas uma soneca de 30 minutos pode promover o bem-estar geral e melhorar o humor e a criatividade. Outro estudo descobriu que cochilar por 45 minutos reduz a pressão arterial ao responder ao estresse psicológico. (Curioso para saber mais? Leia 10 coisas que acontecem ao seu corpo quando você tira uma soneca.)

A ciência sugere dfazendo uma boa ação

Aqui está o porquê Reserve um segundo para doar dinheiro para caridade, pedir um presente surpresa para um amigo ou elogiar alguém por sua roupa. Pesquisa no Jornal Americano de Saúde Pública descobriu que quando você ajuda os outros, você diminui seu estresse e possivelmente prolonga sua vida.

A ciência sugere dágua potável

Mulher adulta média bebendo água no parque durante o dia ensolarado

A Boa Brigada/Getty Images

Aqui está o porquê De acordo com um estudo no Revista de Neurociências, o estresse pode ser simplesmente uma resposta ao seu estado de hidratação. Tudo pode se resumir à evolução: os primeiros humanos estavam ansiosos para encontrar água (e comida). Hoje, normalmente não é um problema, então relaxe sua mente e seu corpo e pegue um copo de água.

Para saber mais, leia 7 sinais e sintomas de desidratação – e como tratá-la.

A ciência sugere que vocêdesligar

Aqui está o porquê A American Psychological Association descobriu que aqueles que estão constantemente verificando seus e-mails e mídias sociais estão mais estressados ​​do que aqueles que tiram uma folga dos dispositivos eletrônicos. Se você precisar estar on-line para trabalhar, faça pelo menos duas pausas de 10 minutos em dispositivos eletrônicos para diminuir a pressão arterial e os níveis de estresse. Isso pode ajudá-lo a se sentir mais calmo o dia todo.

Já nos sentimos melhor. Aqui está mais informações sobre autocuidado:

O benefício da banana para a saúde que você com certeza não conhecia, revelam nutricionistas

Os 7 melhores despertadores do nascer do sol para transtorno afetivo sazonal, de compradores

Qual tipo de salmão é mais saudável? Um nutricionista registrado revela

Leave a Reply

Your email address will not be published.